José Aelson deve continuar na presidência da Câmara de Propriá por mais dois anos

0
116

O ano de 2018 será o das articulações políticas em Propriá visando 2020

A reeleição para o cargo de Presidente da Câmara Municipal deve acontecer até o mês de junho ou julho – consultando regimento interno da Câmara. Nessa situação os dois candidatos mais cogitados para a disputa é o vereador José Aelson dos Santos (PSD) e Samuel Menezes (PSC), ambos da base do Prefeito Iokanaan Santana, sendo que Samuel Menezes responde pelo cargo de Líder da Bancada do Executivo na Câmara Municipal.

Numa análise fria da situação e, de acordo com o andamento das posições, o vereador Samuel Menezes não nutre o interesse em ser Presidente da Câmara devido aos projetos particulares na vida empresarial. Ele é criador de peixe no Perímetro Propriá, cuja dedicação lhe toma tempo e dedicação, dificultando seu compromisso em manter os trabalhos de Presidente da Casa, caso fosse eleito na disputa.

Não surge outro nome que tenha se colocado à disputa até o momento. A Câmara é formada por vereadores que possuem mais de um mandato, como é o caso de Helder Guimarães (PT), Branca (PMN). Aelson com três mandatos e Samuel Menezes com dois. Existe uma frieza dentro das articulações políticas que façam surgir outros nomes até o momento.

José Aelson surge então com fortes chances de permanecer no cargo pela terceira vez consecutiva, uma vez que mantém relações estreitas e de articulação com parte dos vereadores e deixa claro que manterá sua proposta de reeleição. Aelson pode ser, inclusive, chapa única na Casa.

Iokanaan distante do processo

Alheio à situação está o Prefeito Iokanaan Santana que não se interfere na articulação política para tal finalidade. Sua postura é a de que as relações na instituição devem ser administradas e pensadas por seus próprios pares, além disso, o Prefeito mantém boa relação com todos os vereadores e não quer incidir para o efeito no processo.

Redação
Adeval Marques
Foto: Propriá News

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA