Equipes de Zoonoses e Endemias visitam Bairro Matadouro: moradores foram orientados sobre Caramujos Africanos

0
28

Conforme Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde, reforçada pela solicitação do vereador Jairo do Matadouro, o Secretário Iokanaan Filho “San”, enviou duas equipe ao Bairro Matadouro com intuito de averiguar reclamações de proliferação de caramujos africanos.

Conclusão por parte das equipes

As equipes que foram formadas por Ediclan Martins, Coordenador do Centro de Zoonoses e Cristiano da Silva, Coordenador de Endemias e ainda de Dalmo Marques, Supervisor de Endemias e outros profissionais, constataram a existência de Caramujos Africanos e que o local é propício para proliferação do molusco.

Orientações

Após constatar as situações as equipes ministraram orientações aos moradores que se fizeram presentes na situação aprendendo como proceder de maneira correta para eliminar focos d caramujos impedindo-os de proliferar, garantindo assim um ambiente melhor na qualidade de vida. Como resposta os moradores se prontificaram em ajudar.

Algumas orientações interessantes é que o cidadão proceda com o acondicionamento de lixo destinando corretamente o lixo e fazendo a limpeza dos quintas, espaços como terrenos baldios, assim evita-se a proliferação.

A participação da sociedade

O combate ao Caramujo não depende só das equipes e sim da contribuição de todos que podem ajudar fazendo a limpeza de terrenos, quintais, na vegetação do entorno das residências e outros espaços onde surgem e vivem os Caramujos.

Histórico sobre o molusco

Em todo Baixo São Francisco constata-se a infestação de caramujos africanos. O ambiente, espaço e vários outros fatores é ideal para a vida e reprodução dos moluscos que são provenientes da áfrica. Segundo o pesquisa, os caramujos africanos foram introduzido no Brasil ainda na década de 1980 para ser utilizado como substituto do escargot, mas a espécie não foi tão bem aceita e se espalhou pela natureza. Não é um transmissor de doenças, porém, segundo ainda a pesquisa, é um transmissor de doenças e hoje é uma das pragas agrícolas.

Posição do Secretário San

Iokanaan Filho “San”, além de já constar no planejamento da Secretaria, foi célere quanto a situação reforçando a atenção para com o vereador Jairo que fez uma solicitação nesse sentido. San ressalta que, toda sociedade pode entrar em contato com a Secretaria Municipal de Saúde levando suas reivindicações e que as equipes da Saúde, Endemias, Zoonoses estão sempre prontas para atender e ajudar em ações dessa natureza como em várias outras.

Redação
Adeval Marques
Fotos: Equipes
Fonte: Prefeitura de Propriá

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA